terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Outro São Valentim


Este ano, para lerem um pouquinho mais, deixo-vos um texto do jornal Público sobre casais românticos no mundo. 
Conseguem lembrar-se de mais alguns que vos pareçam significativos? Contem-me tudo na caixinha de comentários.

3 comentários:

Manuel Oncins disse...

"Deu pano para mangas" o amor e "correram rios de tinta" com o desamor deste casal. Como salienta o artigo de baixo, Liz Taylor e Richard Burtom protagonizaram
uma história de amor mais intensa e tumultuosa do que os dramas do cinema.



http://istoe.com.br/79486_O+AMOR+DE+RICHARD+BURTON+E+LIZ+TAYLOR/

Diego disse...

Para mim, a história de amor mais significativa é a protagonizada por D.Pedro I e Dona Inés de Castro. Além disso, foi uma grandíssima tragédia.

Uma curiosidade:
Um facto tinha acontecido antes do assassinato de Dona Inés. Don Pedro estava prestes a sair de caça. Nesse momento, um cão da jauria estava enraivecido, como endiabrado. Os olhos do cão tornaram-se vermelhos e o cão ensinando os seus dentes afiados começou a ladrar como um possesso até conseguir escapar da jauria para atacar Dona Inés. E quase consigue o seu propósito.
Então Don Pedro agiu rápidamete a apanhar a sua espingarda para alvejar o encolerizado cão, o qual foi atingido na sua cabeça, que esplodiu num triz mesmo aos pés de Dona Inés. O sangue do cão salpicou as roupas brancas dela até tornarlas vermelhas.
Seria uma premonicão do que ia acontecer trágicamente aquela noite?????

Diego disse...

Desculpem, quando escrevi "tornarlas" errei.
Dúvido se é correto "até torná-las vermelhas" ou se o correto é "até as tornar vermelhas".

Lupe, Nani e por aí fora, podem-me ajudar. Quál é a sua opinião??