sexta-feira, 10 de março de 2017

Deolinda. Pois foi. Manuel.


3 comentários:

Nani disse...

Obrigada, Manuel. Percebe-se muito bem o que a Susana nos disse na última aula.
Bom fim de semana para todos!

Guadalupe Gómez de Villar Sara disse...

Concordo inteiramente com a Nani; não é das canções mais bonitas dos Deolinda (para mim), mas, como sempre, bom exemplo de inteligencia ao escrever as suas letras.

Obrigada, meu colega!!!

Susana Abrantes Pereira disse...

Eu gosto muito da mensagem, Lupe. Quem espera, desespera! (Ou neste caso, faz desesperar e perde o que talvez quisesse mas que estava a negligenciar.)

E foneticamente é absolutamente brilhante!