domingo, 29 de janeiro de 2017

Expressão Idiomática 12. Diego.


10 comentários:

Manuel Oncins disse...

Eh pá Diego, não será esta a expressão que dizias ser dificílima e que não íamos adivinhar, não é?

Diego disse...

Pois, pois !!

Pesquisem !!

Manuel Oncins disse...

Se ninguém disser nada até amanhã, digo-o eu.Bom dia a todos.

Guadalupe Gómez de Villar Sara disse...

Como gosta o Diego fazer-nos sofrer!!

Pois, vamos pensar e procurar. Ainda não digas nada, Manuel; por favor...

Guadalupe Gómez de Villar Sara disse...

Vamos ver: pode ser, "Deixar na mão", que é como dizer não colaborar ou abandonar?

Mais uma; pode ser "Conversar com a minha mão", que é como dizer de alguém que fala sobre um assunto chato e não se deseja continuar a conversa?

Resolvam, se quiserem, Diego ou Manuel, ou quaisquer dos colegas que queiram...não se me ocorre mais nada.

Até logo!

Manuel Oncins disse...

Acabou o prazo e como diz o Rui Veloso numa das suas músicas "o prometido é devido". Eu pago na hora. "Levar a carta a garcia". Expressão que significa cumprir eficazmente uma missão por muito difícil ou impossível que possa parecer.Vemo-nos num instante. Até já.

Diego disse...

Muito, muito bem, Manuel!!
És AQUELA MÁQUINA !!

"Levar a carta a Garcia" Esta frase é sinónimo de um de dever cumprido.

Em 1898, para alargar a sua influência a Cuba (colónia espanhola), os Estados Unidos declararam guerra à Espanha.
No decurso do conflito, uma carta deveria ser urgentemente entregue pelos norte-americanos a um tal Garcia, um dos seus homens em Havana. Um oficial americano encarregou-se de tal tarefa e desempenhou-a cabalmente, apesar de grandes dificuldades.

Guadalupe Gómez de Villar Sara disse...

Parabéns Manuel!

Tu sim que sabes!. Admiro-vos, meus caros colegas, pela vossa sabedoria e o bom trabalho que fazem neste bloge.

Fico muito contente, embora não saiba descobrir as expressões idiomáticas.

Obrigada :)

Diego disse...

Obrigado eu, Lupe !!

Susana Abrantes Pereira disse...

Meu Deus, que elaboração, esta admito que eu não conhecia. Obrigada aos dois.