domingo, 5 de fevereiro de 2017

A palavra do ano 2016 foi "geringonça". Manuel Oncins.

             Como reza no título do topo, a palavra "geringonça" foi eleita palavra do ano 2016 em Portugal. Contudo, o busílis, o cerne, o âmago da questão é percebermos porque uma palavra que existe de longa data no vocabulário português ganhou agora tamanha notoriedade. E mais uma vez temos de reconhecer que os "culpados" são a política e os políticos.
             Quando Portugal foi a votos a 4 de outubro de 2015, a coligação Portugal à frente (CDS,PP) ganhou com maioria relativa. Porém e contra todo prognóstico, o António Costa (PS) conseguiu formar coligação com todos os restantes partidos do arco parlamentário (BE, PCP, PEV, PAN) e acederam ao governo. Faltou tempo para que, na Assembleia da República, o Paulo Portas (PP) batizasse o novo governo de "geringonça" como sinónimo de coisa malfeita, de pouca estabilidade e solidez. A partir daí, o uso da palavra ganhou fôlego e  generalizou-se  popularmente. Ainda bem que os agoureiros goraram as suas expetativas; já lá vão 16 meses e a "geringonça" não desaba.


http://www.jn.pt/artes/dossiers/portugues-atual/interior/significado-e-origem-da-palavra-geringonca-5598165.html


             Bom domingo para todos e já sabem, deem-se algum caprichozito. 

4 comentários:

Susana Abrantes Pereira disse...

Que boa ideia, Manuel. Não me tinha ocorrido, mas é verdade que se lerem a imprensa hoje em dia (ou desde há um ano e meio) a palavra "geringonça" ganhou fôlego e está nas bocas do poco - e nas páginas de imprensa, obviamente -, a sua explicação pode ser muito útil para aqueles que andam mais despistados e não sabiam a razão pela qual se batizou assim a "coisa".

Sabe uma coisa que me agrada? Que, em Portugal, a palavra do ano não seja a "pós-verdade" que é noutros tantos países do mundo.

Diego disse...

Eu julgo interessante e até impressionante a magnificência da língua. Quantas palavras empregamos realmente para falarmos?? Porquê somos tão poupados com a linguagem?? Somos o sufientemente instruídos como pensamos que somos??
A meu ver, todas as vezes que exprimirmos um vocabulário correto e multifário, estaremos a fazer uma colossal contribuição à divulgação e engrandecimento do idioma. Sejamos esbanjadores e perdulários sempre que tagarelarmos.

Procurei qualquer palavra e fitei uma............¿?..........BRAINSTORMING.
Pesquisem o seu significado!!
Mas como eu não sou famoso a palavra "brainstormig" não ganhará nenhum fôlego na imprensa; que exasperação!!!!!

Diego disse...

Estou a pesquisar pelos séculos dos séculos e não consigo encontrar uma palavra que um dia descobri por acaso. Parece-me que era composta. O seu significado era loja de artigos ou de roupa de segunda mão.
Peço ajuda para a procurar porquanto estou a endoidecer se não a achar prontamente.
Obrigado!!!!

Hoje já não durmo.

Muito boa noite!!!!

Guadalupe Gómez de Villar Sara disse...

Oh, Diego, com essa palavra da qual andas á procura não te posso ajudar; não faço a mínima ideia!

E gosto tanto das palavras, que se eu puder, estaria o tempo todo a escrevê-las, só por o fato de vê-las escritas e pronunciá-las. Adoro a maneira em que soam algumas, e descobrí, nestes dias, no meio dum conto, um verbo lindíssimo:"cantarolar"

Deixo-lho aí, para que o desfrutem :)